Parceiros do Projeto #2 – Raul Lody

APF-8
Lody observando as fotos feitas pelo frei Thomás Kockmeyer. Foto: Jan Ribeiro.

No dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o Arquivo Provincial Franciscano recebeu a visita do antropólogo e museólogo Raul Lody. Pesquisador e estudioso da cultura negra, ele foi convidado pelos coordenadores do projeto Resgate Documental da Província Franciscana de Santo Antônio do Nordeste do Brasil para ajudar na identificação do conjunto de fotos sobre o candomblé produzidas pelo Frei Thomás Kockmeyer.

A coleção é composta por dezenas de fotos que registram cerimonias e artefatos religiosos, comidas e indumentárias, além de retratos do próprio povo negro. Estima-se que tenham sido produzidas entre os anos de 1930 e 1940, na Bahia. Para Lody, as imagens são “riquíssimas em informação e história”.

“Temos aqui um material de matrizes africanas, que demonstra essa relação Bahia-África. É um patrimônio que deve ser preservado, pois cada foto instiga investigações, conta uma nova história. O fato de terem sido produzidas por um frei franciscano mostra que a Ordem sempre esteve aberta ao diálogo e sensível ao conhecimento da cultura do outro. Não há um olhar dominante e, sim, de busca pela compreensão”, comentou o pesquisador.

JAN_3051
mais de 200 fotografias compõem essa coleção. Foto: Jan Ribeiro

 

O objetivo dos trabalhos do projeto Resgate Documental da Província Franciscana de Santo Antônio do Nordeste do Brasil é identificar (região de origem), higienizar e catalogar este conjunto de fotos e outros documentos que fazem parte do Arquivo Provincial Franciscano. Desta forma, todo o material estará acessível a estudiosos que poderão realizar pesquisas mais aprofundadas sobre estes documentos.

“O Arquivo é composto por materiais com mais de quatro séculos de história. Então, a proposta do projeto é dar as condições necessárias para que estes documentos possam estar minimamente acessíveis”, afirma a coordenadora do projeto, Débora Mentes.

Anúncios